Teste: Bongô LP Matador "M201" (Wood Bongos) - Dark Brown / Chrome (7" 1/4 = 18,42 centímetros) x (8" 5/8 = 21,91 centímetros) - Por: Cássio de Fernando

Teste: Bongô LP Matador "M201" (Wood Bongos) - Dark Brown / Chrome (7" 1/4 = 18,42 centímetros) x (8" 5/8 = 21,91 centímetros) - Por: Cássio de Fernando

 

Bongô LP Matador (Wood Bongos)  -  Dark Brown / Chrome  -  7'' 1/4 x 8'' 5/8

Melhor custo-benefício do mercado: para percussionistas profissionais que procuram estilo e tradição combinados com produção e design moderno, mas com preço justo. A história do bongô produzido pela Latin Percussion começou em meados da década de 50, nos EUA. O engenheiro e fotógrafo Mr. Martin Cohen, começou a frequentar os famosos clubes de Jazz de Nova Iorque, e entusiasmado pela aprendizagem do bongô (inspirados por percussionistas como Jose Mangual), viu na ocasião do embargo econômico norte-americano à Cuba uma oportunidade de desenvolver seus próprios bongôs, já que na década de 60, por conta do embargo, eram raros de se achar pelos EUA. Surgiu assim os primeiros bongôs feitos por uma das empresas que iriam se tornar referência mundial em instrumentos de percussão.

 

Referência: Referência: Fletcher, David R. Latin Percussion, a Company History. Ezine Articles. Disponível em: .

Fonte: http://www.lpmusic.com/products/subpage?modelNo=M201

Latin Percussion: www.lpmusic.com

Proprietário: Mr. Martin Cohen

________________________________________________________________________________________________________________

 

Teste:

Realizado por: Cássio de Fernando - Músico percussionista atuando profissionalmente desde 2004 (formação em Filosofia - UNESP - Marília; graduando em Educação Musical - UFSCar - São Carlos). Especialista em música e percussão latina.

 

O bongô LP Matador oferece a sonoridade que foi desenvolvida durante anos para que se preservasse o som tradicional do bongô, aliado à tecnologia para manter a afinação mais perfeita possível, sem alterar o som durante a execução, nem danificar os aros, ganchos e parafusos por excesso de tensão. Este modelo vem com peles de couro naturais. Na comparação com outros bongôs que já toquei (Headliner Percussion, Michael, Contemporânea, Meinl, Stewart, Jennifer, Bauer, Gope, e série Aspire da LP, dentre outras), é o meu preferido na relação qualidade-custo.

 

Pós do instrumento avaliado:

Melhor custo-benefício do Mercado; Alta performance e muito resistente, sendo rara a necessidade de assistência técnica;

Esteticamente muito bem feito, com ótimo acabamento na madeira, aros, fortes ganchos e parafusos; Vem com chave de afinação. 

 

Contras do instrumento avaliado:

Não é tão fácil de encontrá-lo no Brasil, pois tem muita procura, devido ao custo bem mais em conta, para um produto de excelência e procedência (mas vale a pena encomendar em lojas especializadas em importação); 

Por ser importado, também dificulta a assistência técnica do produto, bem como encontrar peças de reposição; 

Vem com as peles naturais que, apesar de ótima sonoridade, fica sujeita às intempéries do clima, sendo necessários cuidados especiais quanto à afinação, afrouxando depois do uso, para que se mantenha a vida útil das peles por mais tempo. Há a opção por peles sintéticas para sanar este problema.

 

 

Avaliação direta do instrumento por notas de 1 a 10 para um resultado total de 100 e média positiva de 60:

Notas:

 

1-Sonoridade: 9

2-Afinação: 9

3-Tamanho e Peso: 9

4-Estética: 10

5-Resistência: 9

6-Versatilidade: 8

7-Manutenção: 8

8-Disponibilidade de compra: 4

9-Preço: 7

10-O instrumento em geral: 8

 

Total: 81

 

 

 

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!